Formatos de conteúdo: tudo que você precisa saber sobre produção de conteúdo para e-commerce

Anunciar apenas produtos e preços em seu e-commerce não tem a eficácia desejada quando as pessoas ainda não tem conhecimento sobre o seu produto e solução. Aí, então, você se pergunta: o que fazer? Você vai basicamente entender as dores da sua persona – além de clientes e futuros clientes – e vai oferecer soluções a eles, produzindo conteúdo.

Qual é o nome disso? Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo, prazer! E a premissa é básica: produção e compartilhamento de conteúdo, recheado de informações relevantes para trazer os consumidores certos até o seu e-commerce.

Os conteúdos irão atingir o consumidor na fase de atração, então é o momento ideal para você mostrar que sabe do que está falando e que tem credibilidade suficiente para entregar a ele o que ele busca. E engana-se você que está pensando que esses benefícios vêm só em formas de cifrões. Seu posicionamento nos resultados orgânicos do Google melhorarão, seguidores aumentarão nas redes sociais e a geração de leads irá movimentar.

Agora que você já sabe a importância e a utilidade da produção de conteúdo para o seu e-commerce, confira algumas dicas que separamos abaixo. Organize-se e coloquei em prática no seu dia-a-dia:

Organização

Parece simples, né? Mas vai exigir um pouquinho de planejamento, você vai ver.

Antes de mais nada você vai precisar reconhecer a sua persona e identificar o seu público. Vai precisar definir uma consistência de postagens e também assuntos relevantes para o seu mercado, ou seja, a pauta de conteúdo.

Você precisará de uma pessoa ou empresa que produza esse conteúdo e que principalmente, eles conversem entre si, sejam originais e prendam a atenção dos leitores. E lembre-se: conteúdo não precisa, necessariamente, vir em formato de texto, certo?

Neste caso, você pode apostar em vídeos, ebooks, guias de utilização do produto, infográficos, posts de blog, entre outros. O mais importante é entender qual o formato mais atraente ao seu público, além do momento da jornada de compra em que ele receberá (ou procurará) essas informações.

Criando conteúdo

Não se prenda apenas aos seus produtos disponíveis à venda e suas características técnicas: adote uma maneira diferente de falar sobre o seu contexto de negócio. Mostre soluções que envolvam o estilo de vida que o consumidor espera vivenciar após a compra.

Se ele procura por uma cadeira, ele saberá as especificações dela entrando no produto, mas e se ele ler sobre a melhor cadeira para quem trabalha oito horas sentado ou o quanto uma cadeira pode influenciar na sua postura no decorrer de sua utilização?

Deixe seu público mais inteirado sobre o universo dos produtos que pretendem adquirir e aproveite todos esses assuntos para fazer links com o seu e-commerce, sua empresa e seus produtos.

Divulgando o conteúdo

Atualmente, o canal mais usual para publicar seu conteúdo é o Blog, o qual está diretamente relacionado ao e-commerce, encurtando o reconhecimento e o caminho do público até a compra. Suas publicações, assim, além de serem otimizadas (SEO) para os mecanismos de busca, terão de ser divulgadas em diversos canais como, por exemplo, email marketing, redes sociais, anúncios patrocinados, entre outros.

Focando na atração, temos o e-mail marketing, que é um ótimo canal para criar e manter um relacionamento com os leads atuais, não disparando apenas ofertas, mas também conteúdos que despertem interesse do mesmo. Além disso, as redes sociais também auxiliam muito no quesito de criar e manter um relacionamento com o público, com a diferença – e benefício – que este se espalha com mais facilidade.

Em caso de ebooks, infográficos e outros formatos de conteúdo além dos blogsposts, não esqueça de utilizar as landing pages para esta divulgação. Além da atração, aproveite para converter novos leads com estes conteúdos ricos produzidos.

 

Não limite-se à descrição dos produtos no próprio e-commerce: reconheça que para obter mais sucesso em sua loja online com a produção de conteúdo, você precisa nutrir o público sobre as novidades, soluções e benefícios do contexto da marca através de diversos formatos de conteúdo para a sua audiência.

Ah, não esqueça: preze sempre por conteúdos relevantes e originais e mostre-se como autoridade no assunto. Com essas dicas, não tem como dar errado, né?

Voltar